Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Imagem

Apresentação

Habilitação de Alemão: Com a preocupação de oferecer ao aluno um leque de opções que atendam aos seus interesses específicos, a área de alemão estrutura as disciplinas livres e eletivas em torno dos três eixos: lingüística, literatura e tradução, de modo a permitir que ele se aprofunde em um desses eixos.

Língua Alemã: O bacharel com enfoque em língua alemã deve ser capaz de lidar com textos – no sentido mais amplo do termo – de forma a poder atuar concretamente em atividades profissionais que têm o texto como objeto central, como: ensino de língua e literatura nos diversos níveis, tradução, crítica literária, assessoria lingüística, atividades de pesquisa etc.

O objetivo das disciplinas de língua alemã é, inicialmente, capacitar o aluno nas quatro habilidades lingüísticas (recepção e produção oral e escrita) como pressupostos básicos para a reflexão sobre a língua estrangeira e o desenvolvimento de sua competência discursivo-textual em contextos culturais diversos. Essa competência permitirá ao aluno transitar pelas três vertentes de atuação representadas por lingüística, literatura e tradução. Esse eixo básico voltado à capacitação do aluno para o domínio e uso da língua alemã em contextos teóricos e práticos está distribuído ao longo de cinco semestres nas disciplinas obrigatórias de  Língua alemã I  a Língua alemã V (FLM0300, FLM0301, FLM0302, FLM0303, FLM0310).  

Após os cinco semestres de ênfase na aquisição da língua estrangeira inserida numa metodologia que contempla diversos contextos comunicativos, culturais e de sensibilização sobre o sistema da língua em uso, o foco das disciplinas de língua volta-se para questões teóricas e a sistematização consciente de questões lingüísticas referentes ao par de línguas alemão e português. Aqui se priorizam as abordagens teóricas atuais da lingüística germanística. Para tal, na subárea de língua/lingüística, oferecem-se, além dos dois módulos obrigatórios de Introdução à lingüística alemã I e Introdução à linguística alemã II, disciplinas optativas direcionadas a aspectos específicos:

  • FLM 0248 e FLM 0249 - Produção e recepção de textos I e II
  • FLM 0310 - Tópicos de lingüística alemã
  • FLM 0171 e FLM 0172 - Cultura e civilização dos países de lingua alemã I
  • FLM0187 e FLM 0188 - Conversação em língua alemã I e II
  • FLM0171 - Cultura e Civilização dos países de lingua alemã I
  • FLM0176 - Fonologia e fonética alemã
  • FLM0175 - Gramática da língua alemã
  • FLM0280 - Análise contrastiva do alemão
  • FLM0202 e FLM0203 - Tópicos de gramática alemã I
  • FLM0189 - Leitura e compreensão de textos acadêmicos

A área de língua alemã ainda mantém uma interface com a área de tradução, através do oferecimento da disciplina FLM 0637 Lingüística contrastiva português-alemão.

Literatura Alemã: A literatura alemã no contexto da Área de Alemão: Língua, Literatura e Tradução tem como característica o elo com o ensino-aprendizagem de alemão como língua estrangeira, já que os alunos ingressam no curso sem conhecimentos prévios do idioma alemão. Este fato justifica que as disciplinas de literatura sejam alocadas nos últimos semestres do curso, uma vez que uma maior proficiência facilita o trabalho com os textos literários no idioma original. O trabalho com os textos da literatura de língua alemã está intrinsecamente ligado aos estudos de teoria literária, particularmente às contribuições alemãs. Existem também interfaces com os estudos de tradução, uma vez que textos de maior complexidade precisam ser estudados com o subsídio de traduções consagradas, a serem analisadas de forma crítica durante o curso. Por serem dadas na língua-alvo, as aulas de literatura alemã oferecem um insumo de aprendizagem do idioma como língua estrangeira, que complementa o currículo das disciplinas de língua e tradução.

A partir desse pano de fundo, objetiva-se que, além de desenvolver a capacidade lingüística, o aluno formado em Letras-Alemão possua um conhecimento aprofundado dos principais autores e obras da literatura de expressão alemã em seu contexto histórico-cultural, bem como tenha autonomia crítico-interpretativa mediante os estudos analíticos e as vertentes teóricas apresentadas ao longo do curso. Sua competência interpretativa deverá incorporar a interface comparativa com as literaturas de língua portuguesa. Cabe ressaltar que o estudo da cultura alemã oferece ao formado em Letras-Alemão um referencial paradigmático para pensar o lugar da literatura na sociedade contemporânea. Em resumo, o bacharel desta área será capaz de: analisar e interpretar textos complexos, redigir textos críticos e operacionalizar seus conhecimentos culturais para atuar como intermediador entre as culturas brasileira e alemã.

O estudante optará por uma formação em alemão que enfatize uma das três opções: língua, literatura ou tradução. Na literatura alemã, ele adquirirá uma base sólida cursando as seguintes disciplinas obrigatórias, que oferecem um panorama dos principais gêneros, correntes e épocas: FLM 0204 Literatura Alemã: Conto e Lírica; FLM 0304 História da Literatura Alemã; FLM 0312 Literatura Alemã: Romantismo e Classicismo, FLM 0313 Literatura Alemã: República de Weimar e Literatura Contemporânea. Além disso, oferece-se uma disciplina eletiva, a saber: FLM 0205 Literatura Alemã: Novela e Teatro. Existem ainda disciplinas optativas em literatura alemã, para aqueles que quiserem se aprofundar na vertente literária do curso.

Tradução (Área de Alemão): A tradução é uma vertente de ensino e pesquisa presente na Área de Alemão desde 1978. Tendo como pano de fundo o vínculo língua/cultura e o contato entre as culturas, esta vertente visa a desenvolver estratégias para a recepção efetiva do texto em alemão e identificar fenômenos linguísticos que possam significar entraves na fase de retextualização, refletir sobre especificidades linguísticas e culturais em contraste para o par de línguas alemão-português (fase de recepção), buscar soluções adequadas à situação de recepção em português (fase de retextualização) e desenvolver uma competência crítica para avaliar o resultado em função de uma tarefa específica (fase de controle).

As interfaces com a literatura alemã resgatam conceitos e métodos da teoria e da historiografia literárias, assim como – na interação com os estudos de língua – exploram conceitos e métodos da linguística germanística, mais especificamente da linguística textual nas suas várias vertentes, da linguística contrastiva e da análise do discurso. Tal interação se justifica em função do objetivo de desconstruir uma noção de tradução associada exclusivamente ao léxico e relacioná-la à dimensão textual e discursiva. Assim, do ponto de vista teórico e metodológico, a tradução interage não apenas com as áreas de língua e literatura alemã, mas também com as demais disciplinas que constituem o currículo de Letras.

Constitui especificidade da vertente de tradução na Área de Alemão a presença de uma disciplina obrigatória – FLM 0305 Introdução à tradução do alemão – bem como a oferta sistemática de quatro disciplinas eletivas – FLM 0290 Linguística contrastiva (alemão/português), FLM 0290 Tradução comentada do alemão I, FLM 0291 Tradução comentada do alemão II e FLM 0639 Tradução: teoria e prática (alemão/português). Ademais, a Área de Alemão participa regularmente da oferta da disciplina FLM 0206 Introdução aos estudos tradutológicos para alunos de todas as habilitações.

Licenciatura em Letras (Alemão): Além disso, por estar inserida no programa de Licenciatura em Letras, a área de Alemão também oferece disciplinas voltadas para as questões relacionadas com a aquisição, a aprendizagem e o ensino de alemão como língua estrangeira. Objetiva-se que os alunos que optam pela licenciatura em alemão adquiram conhecimentos específicos sobre os vários modelos de aquisição/aprendizagem de língua estrangeira e sobre a evolução dos métodos de ensino de alemão como língua estrangeira, de forma a que possam transpor para sua prática futura como professores. A disciplina FLM 0640 Aquisição/aprendizagem de alemão como língua estrangeira e o bloco 0800000 Atividades de estágio (alemão) têm ainda como objetivo especifico a preocupação de que os formandos apliquem os conhecimentos sobre as várias correntes linguísticas e que desenvolvam atividades de ensinagem que ponham em prática a competência interpretativa adquiridas nas aulas de literatura e tradução. Entre as estratégias específicas utilizadas para alcançar esses objetivos, destacam-se as atividades de análise crítica de livros didáticos de alemão como língua estrangeira, a observação crítica de aulas em várias instituições e a produção de unidades didáticas sob a orientação dos professores monitores.