Graduação Pós-Graduação Pesquisa Extensão Biblioteca Intercâmbios Comunicação A FFLCH  
Skip to Content

Maria Teresa Celada

Imagem

Possui graduação em Licenciatura em Letras/orientação em lingüística (1983) e Bacharelado em Letras (1987), ambas pela Universidad de Buenos Aires, e doutorado em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (2002). O título de sua tese é "O espanhol para o brasileiro. Uma língua singularmente estrangeira." Desde 1992 atua como docente e pesquisadora na Universidade de São Paulo, onde atualmente é professora doutora. Desenvolve pesquisas na área de Lingüística, com ênfase em Análise do Discurso, que se centram no estudo do funcionamento da língua espanhola e da língua do brasileiro, nos contrastes entre o funcionamento de subjetividades e de discursos no Brasil e na Argentina, nos processos de integração regional (Mercosul) e nos de aquisição de língua estrangeira. Atualmente, desenvolve o projeto Línguas e sujeitos num espaço de enunciação: processos de identificação, discursos de integração, movimentos de resistência. Écoordenadora da Área de Espanhol do Centro de Línguas da USP desde 2003. Atua como pesquisadora do Projeto de investigação Científica e Tecnológica: "Planeamiento del lenguaje en el Mercosur: estudio glotopolítico y propuestas para la enseñanza media", sob a responsabilidade de Elvira Arnoux (UBA). Em 2008 desenvolveu projeto de pesquisa de pós-doutorado na UBA (Argentina) com bolsa da Fapesp (Processo 08/54641-9): Trilhas da memória discursiva sobre o português na Argentina. Sujeitos/línguas. Saberes. Relatório de pesquisa aprovado em marzo de 2009 pela FAPESP e, posteriormente, pela CERT (USP). Foi leitora crítica das Orientações Curriculares para o Ensino Médio (Espanhol) em 2006. Em 2009 e 2010 atuou como Coordenadora Adjunta e como Redatora do PNLD 2011 (Faculdade de Educação - FNDE e Secretaria de Educação Básica do MEC. No momento, faz parte de vários conselhos editoriais. Em 2010 publicou, junto com Adrián Fanjul (USP) e Susana Nothstein (UBA/UNGS) o livro Lenguas en un espacio de integración. Acontecimientos, acciones, representaciones e em 2009, coordenou também com Fanjul, o número 20 (temático) sobre "El español en Brasil. Investigación, enseñanza, políticas" ", que reúne artígos de docentes de diversas instituções brasileiras.

Tese de doutorado

O ESPANHOL PARA O BRASILEIRO: UMA LÍNGUA SINGULARMENTE ESTRANGEIRA

Linhas de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em que atua

1. Língua espanhola: descrição, funcionamento e processos interculturais

2. Aquisição/aprendizagem do espanhol como língua estrangeira

Projeto(s) pessoal(ais) de pesquisa em andamento:

Línguas e sujeitos num espaço de enunciação: processos de identificação - discursos de integração - movimentos de resistência

Cenas e cenários de ensino e aprendizagem de espanhol como espaço de reflexão

Outras informações

Artigos vários, publicados em coletâneas e revistas, no Brasil e no exterior.

CELADA, M. T.

Entremeio español / portugués - errar, deseo, devenir. Caracol, v. 1, p. 110-150, 2010.

Palavras-chave: memória na língua, reificação, espanhol, português, imaginario

Áreas do conhecimento : Análise do Discurso,Língua Espanhola,língua portuguesa

Setores de atividade : Educação

Referências adicionais : Português.Meio de divulgação: Vários, Home page: [http://www.fflch.usp.br/dlm/revcaracol/site/]

Parte da reflexão desenvolvida tem a ver com o resultados do projeto de pós-doutorado sobre “Trilhas da memória discursiva sobre o português na Argentina - Sujeitos/línguas, saberes.”, desenvolvido na Universidad de Buenos Aires (UBA), de 01-09-08 a 05-01-09, com bolsa da “Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo” (FAPESP), processo número 08/54641-9.

 

CELADA, M. T.

O que quer, o que pode uma língua - Língua estrangeira, memória discursiva, subjetividade. Letras (UFSM), v. 37, p. 37-56, 2009.

Palavras-chave: subjetividade, memória, identificação, processos de subjetivação, saberes interdiscursivos, ensino de espanhol para brasileiros

Áreas do conhecimento : Análise do Discurso,Lingüística Aplicada,Língua Espanhola

Setores de atividade : Educação

Referências adicionais : Português. Meio de divulgação: Vários, Home page: [http://www.ufsm.br/revistaletras]

 

CELADA, M. T. ; ZOPPI-FONTANA, Mónica G.

Sujetos desplazados, lenguas en movimiento: identificación y resistencias en procesos de identificación regional. Signo & Seña, v. 20, p. 160-181, 2009

Palavras-chave: língua estrangeira, Mercosul, discursos de integração, processos de identificação, subjetividades migrantes

Áreas do conhecimento : Análise do Discurso,Língua Espanhola,Lingüística

Setores de atividade : Educação

Referências adicionais : Espanhol. Meio de divulgação: Impresso

 

CELADA, María Teresa y Neide Maia GONZÁLEZ (coord. dossier).

“Gestos trazan distinciones entre la lengua española y el portugués brasileño”, SIGNOS ELE, diciembre 2008, URL http://www.salvador.edu.ar/signosele/, ISSN: 1851-4863. www.salvador.edu.ar/sitio/signosele/aanterior.asp

 

Contato

Sala 26
(11) 3091-5004
maitechu@terra.com.br

Imagem